SOBRE GATOS E CACHORROS (E REALITY SHOWS E O ET BILU)

Bom, gente, negócio é o seguinte. Eu sou uma viciadinha em reality shows, não me perguntem por quê. Sou um pouco voyeur, eu e metade do planeta. E aí, não contente em assistir somente na hora do programa, eu ainda sou daquelas que paga pay-per-view do BBB e que assiste A Fazenda no computador, enquanto trabalha durante o dia.

MEUS DOIS FELININHOS

tamos na nossa cama nanando na nossa casa

Quem lê este blog já sabe faz tempo do meu amor pelo Pam, ou Pâmelo, ou Mele, ou Coico ou vários outros nomes pelo qual uma mãe e um pai babões chamam suas crias. E também já estão cientes de que o Pingo, nosso novo bebê, conquistou nossos corações desde o primeiro momento em que chegou aqui em casa. Mas talvez vocês não entendam muito bem o porquê desse amor todo e é por isso que eu estou fazendo este post – mentira, é só porque eu amo muito mais do mundo e amo muito escrever sobre o meu amor por eles.

ODE AO GATO

Arthur da Távola

Nada é mais incômodo para a arrogância humana que o silencioso bastar-se dos gatos. O só pedir a quem amam. O só amar a quem os merece. O homem quer o bicho espojado, submisso, cheio de súplica, temor, reverência, obediência. O gato não satisfaz as necessidades doentias de amor. Só as saudáveis.

Já viu gato amestrado, de chapeuzinho ridículo, obedecendo às ordens de um pilantra que vive às custas dele? Não! Até o bondoso elefante veste saiote e dança valsa no circo. O leal cachorro no fundo compreende as agruras do dono e faz a gentileza de ganhar a vida por ele. O leão e o tigre se amesquinham na jaula. Gato não. Só aceita relação de independência e afeto. E como não cede ao homem, mesmo quando dele dependente, é chamado de traiçoeiro, egoísta, safado, espertalhão ou falso.

INDIGNAÇÃO

Quem usa esses bichanos lindos pra rituais merece um Tribunal da Inquisição. Fogueira neles!
Quem usa esses bichanos lindos pra rituais merece um Tribunal da Inquisição. Fogueira neles! (Foto reproduzida do blog Iluminações - http://iluminacoes.wordpress.com/2009/06/21/cats/)

Esse post está na categoria “Uncategorized” não por acaso. Primeiro foi o abatedouro de cães descoberto ontem em São Paulo (via G1) e agora é a procura por adoção de gatos pretos e animais debilitados, também em São Paulo, perto da sexta-feira 13. A demanda crescente por esses animais perto da data fez com que a prefeitura da cidade proibisse a adoção desses bichos nessas ocasiões. É de matar gente que usa bichanos indefesos em rituais de bruxaria ou qualquer coisa parecida.  É simplesmente inconcebível, nojento, escroto, sem razão de ser. A matéria foi feita pela Drica, amiga de faculdade, para a Folha de São Paulo.