Quem sou eu

essa sou eu e meu notebook - de gatos, é claro!

essa sou eu e meu notebook - de gatos, é claro!

Eu sou uma louca por gatos, obviamente, e muito mais louca ainda pelo Pam, ou Pâmelo, o meu gatão laranjão. Sou de Joinville, SC, mas moro em Florianópolis, eu, o namorido e o Pam, nosso filhote. Pam tem 11 anos e é a coisa mais gostosa desse mundo. Mimado ao extremo, é a minha alegria de todos os dias. Ah, também sou jornalista, nas horas vagas, e trabalho com jornalismo corporativo e assessoria de imprensa para empresas de Tecnologia de Informação. Acho que me identifico muito com gatos porque sou bem parecida com eles: adoro dormir, comer, sou altamente preguiçosa e sou um pouco mal humorada. Isso é pouco pra me definir, claro, mas um lado meu fica bem evidente nesse blog: minha doida paixão por felinos.

  1. Lisiane’s avatar

    Oi querida!!
    Que maravilha seu blog!!!
    Tbm sou DOEEEENTE por gatos!!!
    Fui criada no mei deles em Criciúma e meu pai sempre dizia que deveriamos fazer igual aos gatos:se espreguisar todas as manhãs e,que não existia animal mais limpo que os gatos!!!
    Todos lá em casa são apaixonados por este bichinho lindo demais!!!!
    Em Criciuma tenho dois,a Pintadinha que tem 13 anos e a Holly que tem 7.Aqui em Fpolis tenho a Lady que trouxe dos EUA cmg….minha paixão de vida1!
    Entra no meu orkut-lisiane beneton zilli que vc poderá ver um album só da Lady.
    Fiz tbm uma uma comunidade p/ ela Lady Zillli Ou Lady azul Prussia…olha lá!!!
    Não canso de contar as pessoas do hospital de animais em BOSTOn onde a Lady tinha free care!!!!!!!!!!!! Coisa do outro mundo!!!Só p/ teres a adeia são 70 veterinários e 400 funcionários num hosp. de 4 andares……não tem explicação o trabalho maravilhoso que eles desenvolvem p/ com todos os animais…..

    Bjuss e parabe´ns!!!

  2. Lisiane’s avatar

    Ode ao gato (Pablo Neruda)
    Os animais foram
    imperfeitos,
    compridos de rabo, tristes
    de cabeça.
    Pouco a pouco se foram
    compondo,
    fazendo-se paisagem,
    adquirindo pintas, graça, voo.
    O gato,
    só o gato
    apareceu completo
    e orgulhoso:
    nasceu completamente terminado,
    anda sozinho e sabe o que quer!!!!

    Lindo,ne?
    Bjus é Pablo Neruda!!

  3. keila’s avatar

    Oiiiiiii….
    Amei seu blog!
    Sou alucionada por gatos…são minha paixão.
    No momento ñ estou criando, pois moro sozinha em uma quitinete e quase ñ fico em ksa, mas gostaria de tá criando.
    Já tive vários gatinhos lindos e sapecas.
    Quero criar um quando morar em um local maior e tenha tempo p/ lhe dá atenção.
    Um enooorme abraço!

  4. OdesiaMimo’s avatar

    Oi.Adorei o teu blog.
    Temos uma coisa em comum: somos loucas por gatos.
    Parabéns!
    Bj.
    Paz.Bem e Luz!!!

  5. daniele’s avatar

    Eureka!!!
    Pesquisando fotos de gatos na internet encontrei o seu blog. Pensei que não encontraria pessoas como eu, apaixonada ao extremo por gatos. Sou do Guarujá, tenho seis gatos e já penso no sétimo. É um vicio… E o melhor é que só faz bem…
    Bjsss… Dani.

  6. Rosarinho’s avatar

    E aqui vai mais uma apaixonada por gatos,e também vim aqui parar ao seu blog por andar sempre à procura de novidades sobre esses maravilhosos seres.
    Sou portuguesa ,tenho 4 gatos (todos machos,mas também já todos castrados e chipados) que são como eu chamo os meus filhos peludos.
    Amo os meus gatos e ai de quem lhes queira fazer mal.São a minha companhia pois os meus filhos já são independentes e a minha família está toda em Lisboa mas eu vou lá muitas vezese, para tal fica cá a minha empregada a tomar conta deles
    Parabéns pelo seu blog.
    Rosarinho

  7. Samia’s avatar

    Bom dia a todos e todas as cat lovers que visitam estas páginas! Sou jornalista da revista Pulo do Gato e procuro pessoas que são realmente loucas e alucinadas pelos bichanos. Pessoas que participam de comunidades airulófilas, e não conseguem viver sem seus felinos. Se vc se encaixa neste perfil, entre em contato para uma entrevista e participe de nossa matéria. email: jornalismo47@terra.com.br

    Obrigada!
    Abs

  8. maria de lourdes’s avatar

    adorei também sou louca por gatos tenho 10 ,meu marido odiava gatos,mas um dia ganhei um casal de presente de uma amiga,advinha? meu marido se apaixonou , hoje se deixar ele enche a casa de gatos. até minha collie Anika ama eles e os defende de tudo e de todos.Aprendemos muito com eles pois são muito solidários, uma gata siamesa deu cria e não tinha leite, o filhote estava morrendo então uma outra pretinha srd num gesto surpreendente entrou na caixa e amamentou o filhote até o leite da siamesa vir, eu e o meu marido choramos muito com tal sena,pensamos que os humanos deveriam aprender c/os animais

  9. daiana p’s avatar

    oi ! eu sou a daiana apaxonada por gatos . nao emporta se e piqueno se em grande , novo o velho eu adoro amo. eu tenho uma gatinha q e minha filha se chama prisesa.ela e dimais tem 5 meses d vida. eu ganhei d uma cliente . minha. chamada (cida ) ela me deu no dia das maes ela e a coisa q eu mais amo. ela dormi comigo acorda comigo toma banho comigo ela anda no meu pescoso como um passarinho. a rasa dela e ciamesa. ela lembe a minha cara inteira boca tudodo. rsrsrsr eu me devirto. foi o melhor presente q eu poreira ganhan em toda a minha vida.a minha patoa nao gosta d gato e sim de cachorro e eu quando falo da minha gata ela fala q eu to doente e q vai me enterna . rsrsrsrsr ….e mais sabe q ela tem razao rsrsr eu so doida mesmo pelos os gatinhos adorooooooo amooooooooo .. e tao gostoso chegar em casa e ver ela doida por mi ela sobe em mi como s eu fosse avore kkakakakak…. pois e eu adoro . sabe o q eu mais gosto dela o cheirinho e roronado dela isso e uma terapia ……ai di por mi eu ficava aqui falando o dia enteriro… mais nao da.

  10. PRISCILA’s avatar

    OI FLOR . FIQUEI APAIXONADA PELO PAM ELE , E LINDO , PARABENS EU PRISCILA TAMBEM AMOS OS GATOS TENHO UMA GATINHA JA A 8 ANOS EXTREMAMENTE MINADA EU E RAFAELA MINHA FILHA Q TEM A MESMA IDADE , CRESCEU COM ELA PRESENTE NA NOSSA VIDA ISSO A ENSIMOU A AMAR OS ANIMAIS COMO UMA FAMILIA E SO TROUXE ALEGRIA NA NOSSA VIDA ,

    DISSEM: QUE OS GATOS SOMENTE FICAM AO LADO DE PESSOAS Q TEM UM CORAÇAO PURO ………….. EU ACREDITO ……………… UM BEIJO

  11. Alexandrina’s avatar

    Também sou louca por gatos, e acho q essa loucura começou ainda na minha vida uterina, rs. Enquanto uma gata da vizinha ia dar uns passeios lá em casa, minha mãe colocava ela em cima da sua barriga, acho q daí já me apaixonei por eles.
    Hoje tenho 8 gatos, quer dizer 7, já q há 2 meses morreu o meu Taylor, um persa amarelinho parecido com o Pam 🙁 . Minha gata mais velha, Sabbá, já tem 15 anos. Para mim, eles são como meus filhos, todas a decisões, que podem modificar minha vida, tomo pensando sempre no bem estar deles.
    Adorei o seu blog. Agora que eu decobri, vou dar sempre uma passadinha aqui.

    Beijos e ronronados…

  12. Silvânia Gesiane Rutkowski’s avatar

    Sou doida por peludos em geral, mas meu marido (Wagner) é doente por gatos, mas nos temos quatro cães, a maior é uma rottweiller, chamada Dorinha, infelizmente ela não suporta gatos, estou lutando para que se habitue com a idéia, mas é muito temperamental. Beijos, incluindo o laranjão !

    Londrina – Paraná

  13. Lucélia Schirrmann’s avatar

    Os GATOS são apaixonantes! As pessoas que tem a capacidade de, interagir com os gatos, amá-los e cuidá-los são especiais, porque os gatos são seletivos! São eles que nos adotam e não ao contrário! Quando uma pessoa tem a capacidade de maltratar os animais, em especial os gatos, devemos ficar alertas, pois de acordo com um estudioso do assunto, as pessoas que maltratam os animais são perturbadas e podem ter outras condutas nada apreciáveis!

  14. Laís’s avatar

    Eu moro em Joinville ! Sou de São Paulo mas moro aqui desde 1998, quando vim tinha apenas a gata Rutha agora com 14 anos e depois nasceu a Pink com 12 anos (filha da Rutha) e veio o labrador Barum com 12 anos e adotei a Luna já adulta em 2000. Estão todos na terceira idade mas totalmente em forma !
    Beijos

  15. cristine’s avatar

    Oi, Laís, que legal! Temos duas coisas em comum, ehhehe. Eu acho ótimo pessoas que têm gatos mais velhos. É sinal de que cuidou e cuida muito bem deles. 😉

  16. Celice’s avatar

    Oi Laís td bem? Meu nome é Celice, moro em Ananindeua, Pará. Encontrei teu blog quando procurava fotos de gatos pretos. ADOREI!!! Achei linda a história do rock fiquei mto emocionada pq lembrei do meu gatinho Gandhi. Que me deixou dia 08 de julho. Ele foi covardemente envenenado pela vizinha. Ele tinha 5 meses, lindo, amarelo, gorducho, bobo, medroso manhoso, não sabia pular nem uma janela!!! Ele foi abandonado c/ poucos dias de nascido na porta de casa no dia 29 de janeiro junto c/ a irmã, uma gatinha pretinha c/ rabinho tortinho. O meu marido não suportava gatos + não os maltratava, apenas queria distância!Aí arranjei uma caixa de sapatos p/ mandar jogá-los fora.Os dias foram passando e não tivemos tempo p encontrar alguém q fizesse isso. Eu tinha pena e o meu marido não queria nem chegar perto. Ficar c/ eles? não tinha a menor possibilidade nem em sonho…Além do mais, morávamos em um kitnet de um quarto, eles ficavam do lado de fora, na escada na caixa, eu dava comida e leite quente à noite. Passadas duas semanas, o Gandhi (na época ele era apenas o laranjinha) ficou mto triste e não queria comer falei p/ meu marido aí ele disse q não podia fzer nda. + no outro dia flagrei ele olhando c/ dó p/ o gatinho e conversando c ele.Bom, tivemos q. nos mudar no fim de fevereiro e p/ surpresa de todos (familiares, amigos,vizinhos) o meu amor procurou uma casa maior p/ poder adotá-los, dar um lar de verdade pq uma escada fria e insegura não é um lar, não é verdade???Hoje ainda choro mto a perda do meu anjinho lembro dele todos os dias. Já havia pensado na perda deles, como seria triste quando esse dia chgasse… Mas jamais pensei que seria tão rápida e tão sofrida. Queria ter visto meu bb velhinho como o seu. Lembrar da bagunça, das brincadeiras… A irmã dele, Anastácia, agora passa a maior parte do tempo presa em casa ela só sai lá fora quando estamos c/ ela, temos medo de perdê-la tbem. Ela ficou deprimida. Por vários dias ela o procurava chorando pela casa. Eles eram mto unidos. Agora, a gatinha da outra vizinha se instalou aqui, veio de “muda” já tem 3 semanas +- não quer voltar + p/lá!!! A Anastácia tá aceitando ela aos poucos. E o pior é que estamos nos apegando à ela já até colocamos o nome de Pandorinha ela é mto carinhosa ao contrário da “nat” que é arisca!!! Bom Laís essa é a história do Gandhi e da Anastácia, q mudaram nossas vidas em vários sentidos pois vivi ao longo desse ano um amor verdadeiro q não sabia q poderia existir, algo puro, quase de mãe mesmo! Um amor capaz de mudar, de transformar uma pessoa e tbem conheci o pior lado do ser humano, lado cruel, nojento, repugnante… Mas prefiro acreditar q Deus sabe o q faz. E q Ele não dorme. BJOS. “Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.”
    Albert Schwweitzer (Nobel da Paz – 1952)
    “Nós seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar. Portanto quem chuta ou maltrata um animal é alguém que não aprendeu a amar”
    Chico Xavier

  17. Carolina’s avatar

    Também sou apaixonada por gatos, na verdade acho que fui gato em outra vida, gosto de todos os animais, não consigo nem matar barata moprro de pena, mas tenho uma ligação especial com os gatos, eles são uma graça mesmo. Desde de pequena tive gatos, hoje tenho dois: Nina (uma frajolinha) e Aureliano (siamês). Adorei teu blog e me emocionei muito com o relato de Celice, até chorei.
    O que conforta saber é que assim como existem pessoas más, existem pessoas que AMAM e RESPEITAM os animais!!!!

  18. Fabiana s. Ponich’s avatar

    Olá querida, parei de trabalhar só para ver estas coisinhas mais lindas do mundo. fiquei maluca. Dá vontade de levar todos para casa.
    Um grande abraço.
    Fabiana Ponich

  19. taciana’s avatar

    eu e meus filhos somos loucos por gatos queria saber se você conhece alguem que queira doar uma gatinha da raça siamesa ou persa para eu dar de presente para minha filha que vai faser anierssário não tenho condições de comprar uma ,moro em joinville e meu fone é 47-91541496 favor se tiver alguma notícia en tre em contato obrigada.

  20. cristine’s avatar

    Taciana, adote um gatinho de rua, eles são lindos e muito queridos.

  21. celice’s avatar

    Ontem fiquei feliz pq ajudei a salvar a vida de um gatinho quase morto que stava no meio da rua. Foi na terça passada, passei por ele e não me conformei, voltei e coloquei numa cx de bombom de chocolat e levei a um pet prox. de casa. Pensei q fosse morrer pois stava mto fraco não conseguia nem comer! infelizmente não pude ficar c ele pq já tenho 3 e moro em 1 apartamento pqueno. Ontem fiquei sabendo que foi adotado! Já está bem melhor e foi vermifugado. Vcs não têm ideia de como me senti bem…

  22. fatima’s avatar

    ODE AO GATO

    Artur da Távola

    Nada é mais incômodo para a arrogância humana que o silencioso bastar-se dos gatos. O só pedir a quem amam. O só amar a quem os merece. O homem quer o bicho espojado, submisso, cheio de súplica, temor, reverência, obediência. O gato não satisfaz as necessidades doentias de amor. Só as saudáveis.

    Já viu gato amestrado, de chapeuzinho ridículo, obedecendo às ordens de um pilantra que vive às custas dele? Não! Até o bondoso elefante veste saiote e dança valsa no circo. O leal cachorro no fundo compreende as agruras do dono e faz a gentileza de ganhar a vida por ele. O leão e o tigre se amesquinham na jaula. Gato não. Só aceita relação de independência e afeto. E como não cede ao homem, mesmo quando dele dependente, é chamado de traiçoeiro, egoísta, safado, espertalhão ou falso.

    “Falso”, porque não aceita a nossa falsidade e só admite afeto com troca e respeito pela individualidade. O gato não gosta de alguém porque precisa gostar para se sentir melhor. Ele gosta pelo amor que lhe é próprio, que é dele e o dá se quiser.

    O gato devolve ao homem a exata medida da relação que dele parte. Sábio, é esperto. O gato é zen. O gato é Tao. Conhece o segredo da não-ação que não é inação. Nada pede a quem não o quer. Exigente com quem o ama, mas só depois de muito se certificar. Não pede amor, mas se lhe dá, então o exige.

    O gato não pede amor. Nem dele depende. Mas, quando o sente, é capaz de amar muito. Discretamente, porém, sem derramar-se. O gato é um italiano educado na Inglaterra. Sente como um italiano, mas se comporta como um lorde inglês.

    Quem não se relaciona bem com o próprio inconsciente não transa o gato. Ele aparece, então, como ameaça, porque representa a relação sempre precária do homem com o (próprio) mistério. O gato não se relaciona com a aparência do homem. Vê além, por dentro e avesso. Relaciona-se com a essência.

    Se o gesto de carinho é medroso ou substitui inaceitáveis (mas existentes) impulsos secretos de agressão, o gato sabe. E se defende ao afago. A relação dele é com o que está oculto, guardado e nem nós queremos, sabemos ou podemos ver. Por isso, quando esboça um gesto de entrega, de subida no colo ou manifestação de afeto, é muito verdadeiro, impulso que não pode ser desdenhado. É um gesto de confiança que honra quem o recebe; significa um julgamento.

    O homem não sabe ver o gato, mas o gato sabe ver o homem. Se há desarmonia real ou latente, o gato sente. Se há solidão, ele sabe e atenua como pode (enfrenta a própria solidão de maneira muito mais valente que nós).

    Se há pessoas agressivas em torno ou carregadas de maus fluidos, eles se afastam. Nada dizem, não reclamam. Afastam-se. Quem não os sabe “ler” pensa que “eles não estão ali”, “saíram” ou “sei lá onde o gato se meteu”. Não é isso! É preciso compreender porque o gato não está ali. Presente ou ausente, ensina e manifesta algo. Perto ou longe, olhando ou fingindo não ver, está comunicando códigos que nem sempre (ou quase nunca) sabemos traduzir.

    O gato vê mais, vê dentro e além de nós. Relaciona-se com fluidos, auras, fantasmas amigos e opressores. O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente ao nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério.

    Monge, sim, refinado, silencioso, meditativo e sábio, a nos devolver as perguntas medrosas esperando que encontremos o caminho na sua busca, em vez de o querer preparado, já conhecido e trilhado. O gato sempre responde com uma nova questão, remetendo-nos à pesquisa permanente do real, à busca incessante, à certeza de que cada segundo contém a possibilidade de criatividade e novas inter-relações, infinitas, entre as coisas.

    O gato é uma lição diária de afeto verdadeiro e fiel. Suas manifestações são íntimas e profundas. Exigem recolhimento, entrega, atenção. Desatentos não agradam os gatos. Bulhosos os irritam. Tudo o que precisa de promoção ou explicação os assusta. Ingratos os desgostam. Falastrões os entediam. O gato não quer explicação, quer afirmação. Vive do verdadeiro e não se ilude com aparências. Ninguém em toda a natureza, aprendeu a bastar-se (até na higiene) a si mesmo como o gato.

    Lição de sono e de musculação, o gato nos ensina todas as posições de respiração e yoga. Ensina a dormir com entrega total e diluição no Cosmos. Ensina a espreguiçar-se com a massagem mais completa em todos os músculos, preparando-os para a ação imediata. Se os preparadores físicos aprendessem o aquecimento do gato, os jogadores reservas não levariam tanto tempo (quase quinze minutos) se aquecendo para entrar em campo. O gato sai do sono para o máximo de ação, tensão e elasticidade num segundo. Conhece o desempenho preciso e milimétrico de cada parte do seu corpo, ao qual ama e preserva como a um templo.

    Lições de saúde sexual e sensualidade. Lição de envolvimento amoroso com dedicação integral de vários dias. Lição de organização familiar e de definição de espaço próprio e território pessoal. Lição de anatomia, equilíbrio, desempenho muscular. Lição de salto. Lição de silêncio. Lição de descanso. Lição de introversão. Lição de contato com o mistério, o escuro e a sombra. Lição de religiosidade sem ícones.

    Lição de alimentação e requinte. Lição de bom gesto e senso de oportunidade. Lição de vida e elegância, a mais completa, diária, silenciosa, educada, sem cobranças, sem veemências ou exageros e incontinências.
    você
    O gato é um monge portátil sempre à disposição de quem o saiba perceber.

    Um beijo!!! tb sou jornalista e radialista e apaixonada por gatos!! amei teu blog

  23. Magali’s avatar

    Certamente GATOS são seres especiais e extremamente graciosos. Somente os que têm sensibilidade de admirá-los podem abstrair o poder da beleza dos felinos. Em tempos de tantas tristezas no coração das pessoas, há uma diferente como você que leva esperança aos que podem amar os animais.
    Sucesso!
    Magali
    Obs: Sou paulistana, contudo moro em Rio Branco (Capital do Acre)

  24. Rita’s avatar

    Adoro os gatos, aliás os cachorros também, tá bom … os bichinhos em geral. Tenho alguns, cuido deles com muito carinho e amor. Lendo o seu blog fiquei feliz em saber que existem muuuuuuuitas pessoas que os amam como eu e compartilham das mesmas idéias. Parabéns por sua iniciativa e espero poder me comunicar e ler depoimentos de pessoas apaixonadas por gatos. Beijos.

  25. Graciela’s avatar

    Oi. lindona! Então, dividimos a mesma paixão pelos felinos. Te adorei muito! És uma felina!

    BEIJÃO!

  26. Luana’s avatar

    Ola Cristiane, meu nome é luana tenho 16 anos sou de duque de caxias, baixada fluminense e to aqui te escrevendo por que amo gatos tbm e quero dividir um pouco com vooc essa minha paixão, bom quando eu nasci, nasci com bronquite alergica ao qual de jeito nenhum poderia ter gato em casa erdei essa paixao da minha mãe que tbm é louca por gatos e na época ela teve que dar o gato que ela tinha pra minha avó por parte de pai devido a esse problema, o unico animal que tive foram peixes, passaros e hamster que engraçado nao!? bom com 4 anos tive meu primeiro gato, achei ele miando na garagem aqui de casa e ele veio com o meu pai do trabalho nao sei como mais ele entrou debaixo do carro e veio junto, amei ele desde o primeiro momento, cuidei dele, papariquei ele muito e o batizei de pingo por causa de um desenho de um pinguiim que eu gostava na época, logo depois encontrei uma gata da especie siamesa que chamei de pinga para formar o casal, logo de inicio minha prima ficou com ela mas ela sempre vinha aqui pra casa e no final das contas acabei ficando com ela, durante esse tempo fui descobrindo minha paixao pelos gatos, nao sei como, nem sei de onde que ela vem mas acho que nasceu cmg, e a minha bronquite? acredite, nunca mais tive problemas com ela desde que coloquei meus gatos em casa, com o passar do tempo esse casal tiveram filhotes, cheguei a ficar com um que quando atingiu a fase adulta saiu de casa e depois nao voltou mais, logo depois o pingo tmb desapareceu ate veio a ter boatos que tinha um homem que matava gatos ou que comia eles mas que ninguem sabia quem era, entao ao longo dos meus 16 anos tive varios gatos que peguei da rua, acabei ficando com uns e acabei dando outros pq nao tinha condiçoes de ter muitos gatos, ja entrei na frente de carro pra salvar uma gata que ia ser atropelada, da subi em arvore pra pegar gatos que subim e nao conseguiam descer, ja fiz loucuras por causa de gatos, mas quando tinha 13 anos só tendo a pinga cmg eu peguei um gatinho da minha vizinha ao qual batizei de Brian Lucas eu dei mamadeira pra ele, cuidava dele como filho mesmo, e sempre ensinei ele a me respeitar e o eduquei para que nao subisse na mesa ou na pia da cozinha, tbm o amei muito dei todo o meu carinho e amor por esse gato mas por sempre ter gato e ele sumir e nunca mais voltar olhava pra ele e dizia: “filho, vai, vai namorar curtir sua vida de gato mais por favor volte pra mamae saber que vooc esta vivo, volte sempre ta pois a mamae te amam muito!” e o engraçado e que ele sempre voltava, ate quando ele sumia um mes eu ficava preucupada e ja ia chamando ele, de noite ele aparecia miando bem alto pra mim escutar ele chegando, ate entao ele começou a vim com machucados e como ele vinha de noite tinha que trancar ele cmg pra ele nao fugir e assim levar ao veterinario mais ele sempre dava um jeito de escapar pq na epoca minha casa tava em obra entao a gente tinha nao tinha janela só a grade, que ele sempe consiguiu sair, ou por sair da colera ou por sair pela janela do banheiro que tava fechada e eu o trancava la, nao sei como mais ele dava um jeito e ainda tinha que trancar a porta pq ele sabia abrir, só sei que no inicio de outubro desse ano depois de 2 meses que sumiu e td mundo achando que ele nao ia mais voltar, menos eu pq tinha fé que ele ia aparecer e ele apareceu, muito mais machucado, na hora conversei com ele e pedi pra que ficasse pq ia levar ele no veterinario e ele ficou quetinho na colera nem tentou fugir levei e descobri que ele tinha dermtofitose, uma doença causada pelos fungos e que aqui na minha regiao da baixada fluminense é muito comum, eu tratei dele, comprei remedio, dava amr e carinho pra ele sempre msm sabendo que poderia pegar a doença estive do lado dele, no dia 8 de outubro minha gata pinga veio a falecer pela velhice, ja que quase nao comia e sua respiraçao estava ofegante me restando apenas o brian, derrepente numa segunda feira ele parou de comer, entrei em desespero pq meu gato nao podia parar de comer, comprei inúmeros tipos de raçoes ate aqueles wiskas sashê mas nada adiantava entao decidir levar ao veterinario no dia seguinte, chegando na terça-feira ele voltou a comer tava feliz, fazendo aquele rorosnado dele entao me despreucupei e continuei a cuidar dele, sempre o dava remedio as 6 da manha e da noite e ele sempre sabia a hora e saia da casinha que tinha comprado pra ele, mas na quarta-feira depois de conversar e chorar algo no meu coraçao dizia que ele ia partir mas que eu custava acreditar, vivia perguntado aos meus familiares se ele ia viver e tds eles diziam que sim que logo logo ele ia ta bom, mas foi exatamente ao contrario as 18:00hr daquela quarta feira exatamente 9 dias depois de ter perdido minha gatinha, ele morreu custei a acrditar pq na hr ele nao se levantou encostei nele e senti ele durinho meu coraçao parece que naquele momento parou, me custava acreditar que o meu bebe tinha falecido, depois de dias em choque por essa dor inconsolavel, tendo a ft dele sempre cmg minha amg de escola encontrou uma gatinha na rua como nao tinha condiçoes de cuidar por ter cachorro trouxe na minha casa e desde o primeiro momento a amei e é ela quem vem amenizando essa dor que sinto ate hoje, de vez em quando escuto o miado dele mas agr nem tanto é ela que me fez voltar ao eixo pq minha vida parou quando aquele gato morreu e com ela ganhei forças pra poder cuidar dela como fiz com os outros e hoje eu olho pra ft dele e penso que ele atendeu ao meu pedido pra sempre voltar em novembro ele ia completar 3 anos de vida mas infelizmente no foi o que Deus quis, e penso nele como meu anjo, penso nos meu gatos como meus anjos e tenho essa admiraçao por felinos eu vou morrer tendo e nao consigo de maneira nenhuma ficar sem gatos pq é deles que vem a minha força e agr vou cuidar da minha princesa e tbm dos gatos da minha avó materna que mora do meu lado entao tenho agr 3 gatos pra cuidar, pra amar e encher eles de mimos… bom o pouco da minha historia é essa, vendo a reportagem no yahoo me veio a ideia de dividi-la com vooc, espero que goste e sempre tenha a certeza que o gato te entende perfeitamente e nao há em momento nenhum melhor amg do que seu felino, um grande beijos, felicidades e boa noite!!

  27. Ivo’s avatar

    FANTÁSTICO O BLOG!!!!
    Sou um apaixonado pelos animais, porém minha paixão total é a raça felina, em especial os GATOS. Se a metempsicose fosse possível, gostaria de reencarnar em um, e até brinco que devo ter vivido no Egito antigo, com sua adoração pelos felinos. Claro que passaram a adorar os gatos depois que estes livraram o país da praga de ratos, mas a adoração foi mais do que devida a esses reis da criação, em tudo e por tudo superiores aos “homus asininos” que somos nós.
    Gatos são perfeitos em tudo. Sempre os tive por perto de mim, sem impor-lhes, ou pedir-lhes nada. A companhia, que me davam, de graça e porque queriam, era o maior prêmio que eu poderia querer.
    Atualmente, tenho um siamês já com 12 anos, mais manhoso que qualquer coisa. Seu chorinho safado, quando quer as coisas, amolece qualquer coração. Suas exigências e “manias” são uma diversão à parte, pois é o verdadeiro dono da casa.
    Creio que faço parte do CAT PEOPLE, porque tenho muito deles
    E essa ODE AOS GATOS… brilhante! É a tradução pefeita da raça.
    SUCESSO!

  28. elizabeth silva’s avatar

    eu tbm sou apaixonada por gatos,tenho 3 :Hariel,yellow e Chayenne,sao a minha alegria d viver.todos os dias quando chego do trabalho,e a maior festa,eles vem me receber com todo carinho,aaadddooorrooo isso!!!nem sei o q seria da minha vida sem eles…ah eu tambem tenho um caozinho lindo e muito sapeca o Bob,ele morre de ciumes dos gatos,mas eles ate q se entendem bem.bom,adorei oseu blog,e muito bom conhecer pessoas q amam os felinos como eu…bjos e sucesso*.

  29. Raquel’s avatar

    Olá, adorei essas fotos. Também amo esses felinos. Tinha uma gata há 12 anos que infelizmente não está mais aqui todos os dias para me dar alegria… fazer o que se é impossível não nos apeguarmos a esses bichinhos. Passou uns meses e não aguentei, comprei outra gatinha, agora uma persa. Linda e sapeca, sem vergonha, já ganhou meu coração, não a vejo todos os dias e morro de saudades dela… Esses gatos possuem uma magia indecifrável, que nos encantamos com eles.

  30. gislaine’s avatar

    amo gatos e o seu blog e de mais acho que os felinos tem o verdadeiro amor incondisonal bjssssssss

  31. Camila’s avatar

    estamos juntas nessa. sou apaixonada por gatos… uma paixão sem explicação … ver esses felinos adoça meu dia… ñ sei o que seria da vida sem gatos Amoo muito =^.^=

    para quem é amantes de gatos assim como eu da um like na minha pagina—–> https://www.facebook.com/pages/Carinho-de-gato/646993791985873

  32. Gilberto’s avatar

    Parabéns pelo seu blog, e pelo compartilhamento de informações. Eu tenho 5 gatos adotados todos da rua, aliás GATAS! Higienizados, de banho tomado, acompanhados pela DOUTORA deles! Uns amores e animais dignos de muito carinho e atenção. O interessante é a observação do temperamento de cada um, como também o apego que cada um deles tem a uma pessoa específica da casa. Resido com meus pais e meu irmão sempre está em casa. Cada gato “zela” por um dono e todos “zelamos” por todos.

    parabéns pela iniciativa. Abraços.
    Gilberto

  33. Cris’s avatar

    obrigada, gilberto!!!

  34. Bi@’s avatar

    olha, acho q só não gosta d gatos quem nunca criou um! Meus pais nunca quiseram criar um bichinho, mas qdo cresci e saí d casa, logo adotei. Primeiramente cáes q eu acho mt companheiros e dp gatos. Minha paixão são os siameses, eles falam conosco sério! Hj não sei + viver sem um ronron do lado, o ultimo foi um sialatinha da rua q m adotou, e dp q foi castrado, e lógico mt amado e ganhou um lar, nem pensa em sair pra rua. Acho só q o principal da guarda responsável é a castração e o não deixar ter acesso a rua, especialmente a noite. Assim nós garantimos a saúde e amor deles p mt tempo. Não tem lógica recolher um animal da rua e deixar q ele procrie sem controle, gerando outros q vão acabar na msm situação. Então castrem todos os seus animais please! Fica a dica d uma xonada p bichanos!

  35. André’s avatar

    Olá, procuro por pessoas que realmente gostem de gatos. Vou explicar o motivo! Me chamo André, no ultimo dia 05 de novembro deixaram na minha porta uma caixa com três filhotes de gatos, dois machos e uma fêmea de aproximadamente duas semanas de vida. Atualmente cuido deles até conseguirem um novo lar. Gostaria de ficar com eles, porém já possuo uma gata que recolhi da rua a três anos atrás que é bem cuidada e já castrada. Essa condição faz com que ela não aceite de forma alguma os filhotes fazendo inclusive com que eu os mantenha isolados. Portanto procuro para eles um novo lar. Quem se interessar pode deixar uma mensagem no meu e-mail (al-henrique@pop.com.br) ou me ligar: operadora Claro (21) 98875-8479 ou operadora Vivo (21) 97145-7033. As fotos dos filhotes estão no Facebook (Andre Henrique ou Adote um Filhote). Agradeço a atenção de todos.

  36. Tiago’s avatar

    Olá gente! Gostaria de convidar a todos a conhecerem e curtirem a minha página que é sobre gatos.

    Obrigado! 😉

    Segue o link:
    https://www.facebook.com/pages/Gato-Artista/388916077909424?ref=hl

  37. Ariane Alves’s avatar

    Olá!

    Queria muito muito mesmo uma ajuda sua!
    Peguei uma gatinha na rua, achando que ela estava doentinha e com vermes, por conta do tamanho da barriga, entretanto ela estava gravida de mais duas gatinhas… As babys gatinhas já desmamaram e continuam comigo.
    Só tenho uns problemas, sou alérgica a gatos e não tenho espaço, tempo e dinheiro para manter a família felina na minha casa. Se alguém quiser, estou a disposição para doá-los!
    Contato: ariane_alp@hotmail.com

  38. Isa’s avatar

    Olá, visitei hj o blog, muito bom!! tbm tenho gatos uma delas a Xi com doze aninhos, Lolo com dois e Amora e Pe com tres, todos resgatados das ruas prestes a morrer mas hj distribuem saude e alegria! Como vão os seus gatos principalmente o laranjinha??

  39. Rejane Cristina boeira’s avatar

    Oi estou com vários gatinhos para doar,como amo essas,criaturinhas quero doalos para pessoas q is ame e,proteja igualmente,se alguem tiver interesse entre,em contato comigo,tenho gatinhos pretos,brancos,amarelos,48:98215908

  40. nicolly’s avatar

    eu tenho 3 gatinhos os nomes sao tim maya e tom eles são muito bagunseiros eles sao fofos e sao catos persas #amogatos

  41. Carol Cabral’s avatar

    Olá, posso desabafar com vcs? Minha gatinha Amora faleceu hoje. Meu Deus, que dor imensa… Parece que perdi uma filha, ela era tão doce, tão meiga… Que saudade dela, vai ser difícil acostumar com a ideia que ela se foi.

  42. Renata’s avatar

    Olá a todos! Estou a procura de pessoas que utilizam para seus cães, rações Club Performace dentre outras. Interessados a participarem de pesquisa de mercado que será realizada no bairro de Pinheiros – São Paulo. O valor pela participação é de 120 reais. Interessados: renatagisele@hotmail.com

  43. Aline’s avatar

    ola!
    Gostaria que me tirasse uma grande duvida.
    Sempre ive gatos fui criada com gatos pois os amamos,hoje sou casada tenho minha casa e claro tenho uma gatinha siamesa linda de nome preta carinhosamente ( peta). Enfim quero saber pq,( nunca tinha visto um gato fazer isso) ela morde a ponta da cauda não é so um simples lamber ela morde mesmo
    chega a ficar tao molhado que pinga baba,
    Fico no aguardo da sua resposta!!

  44. Andrea’s avatar

    Ola! Bom dia!

    Por favor necesstito de ajuda com meu gato, o coxin da pata dele machicou e não consigo fazer com que cure, tenho sérios problemas pq ele é muito, muito, muito ariscos e com isso não consigo pegar e cuidar dele como deve ser cuidado. O que posso fazer neste caso?

    Obrigada.

  45. Leomar Silvestre’s avatar

    Gosta de gatos?! Então assista esse vídeo sobre uma lenda budista que fala da alma dos felinos -> https://www.youtube.com/watch?v=hh5Xj1ECBn8

  46. Clóvis ramos’s avatar

    Eu e meu Luan. Como postar fotos?