NÃO ADOTE GATOS!

Gente! Venho por meio desta dizer-lhes que fico muito #xatiada quando recebo e-mails do tipo “O que eu faço com meu gato que arranha os móveis? Se continuar assim, vou ter que doá-lo!!!”. Isso porque, analisemos. 1. Tudo bem em querer saber dicas de como fazer o gato parar de arranhar móveis, afinal, ninguém é obrigado a achar lindo o gato arranhar e fazer xixi e blablalbal pela casa toda. somos desapegados, porém, nem tanto. Agora 2. Isso é motivo pra doar o gato?

E, assim, tem gente que me faz esse tipo de pergunta quando o gato tem uns 3, 4 anos já! Gente, vocês se apegam ao móvel da sala e não ao gato que mora com você e te considera uma mãe/pai há 4 anos? Uma dica: tem muita coisa errada com a sua pessoa. Aconselho: psiquiatra.

Tá, peguei pesado. Mas, sério, gente, faz isso não. Ou não adota, não compra, não pega da rua. Fica sem gato, sem cachorro, sem filho. Compra um bichinho de pelúcia, um tamagotchi. Aquele Pou, sabe? Do celular? Mais fácil. Não dá tanto trabalho. Nem amor.

Mas é verdade, povo. Enquanto todo mundo diz ADOTE! eu venho aqui dizer PERAÍ, PENSA BEM. Porque gato é ser vivo – e bem vivo!!! – e faz um monte de arte. E pra ensinar tem que ter paciência e amor. E tem que reservar tempo pra ele e limpar a caixinha e dar comidinha e fazer carinho e ouvir miados injuriados e também ronrons de amor e dar remédio e levar no veterinário e às vezes até dar banho! Sério. Não é tão simples assim. E devolver? Devolver? Doar porque não quer mais? Cansou? Você devolveria seu filho?

Sério. Não entendo. Pra vocês, só tenho algo a dizer: doe seu bichano pra quem o vai amar de verdade. E NUNCA MAIS NA VIDA TENHA BICHINHO NENHUM.

Grata.

2014-05-10 15.01.59

A gente é fofo, mas tá vivo!

Related posts:

  1. Nat’s avatar

    Linda! Amei esse post!
    Eu tenho 2 gatos.
    Antes deles eu limpava o apartamento 1 vez por semana.
    Hoje, preciso limpar umas 2 vezes e passo aspirador pelo menos umas 4!!!
    Mas, por outro lado, sou acordada todo dia as 6 horas da manhã com o ronron mais gostoso do mundo e com um beijo de nariz! 🙂
    A gente fica brava quando chega em casa e vê algum vaso quebrado, uma plantinha revirada, terra no chão, toalha de mesa puxada, patinhas sujas da caixinha pela casa, mesinhas tombadas, etc.
    Mas o que a gente faz? Se adapta! Não deixa coisas que quebram em lugares que eles podem derrubar, suspende as plantas, coloca toalhas de mesa menores que não fiquem com as pontas penduradas, limpa a casa mais vezes por semana
    Quanto aos móveis.. nem ligo!! Minha preocupação era o sofá, mas comprei daquele tecido que não puxa fio e eles nem ligam!
    Comprei uma torre pra afiar a unha desde o primeiro dia deles em casa. E é lá que eles afiam. E uma vez a cada 15 ou 20 dias eu corto as pontinhas.
    De resto..não tenho nenhum móvel que valha mais do que o amor que eles me dão todos os dias!

    🙂
    Espero que essas pessoas realmente encontrem paz no coração!!
    E casa boa é casa com amor!! Ninguém quer morar em fotografia de revista de decoração!

  2. Cris’s avatar

    siiiiiiiiiiim, a gente se adapta a tudo, não tem nenhum problema!!

  3. Marilia’s avatar

    Sinceramente, eu perdi a paciência de argumentar com gente que faz esse tipo de colocação. Outro dia meu colega veio aqui me infernizar que queria um gato. Adotou dois logo de cara. Um tempo depois veio me dizer que tinha que se desfazer deles porque a mulher não suportava mais ter os móveis arranhados por eles. Juro, em outros tempos eu falaria, colocaria… mas fui ríspida e disse para ele que nem devia ter adotado. Que pessoas como eles ficam melhores sozinhas. Ganhei um desafeto mas não tô nem aí!
    Abraços

  4. Cris’s avatar

    ai, eu também perco a paciência, mas ao mesmo tempo, precisa colocar alguma coisa na cabeça desses seres, né? eu acho que tudo bem não querer um bichinho em casa, é a mesma coisa de quem não quer ter filhos. agora, adotar e depois querer se livrar é uó. por isso to na campanha NÃO ADOTE, eheheheh.

  5. Veronica’s avatar

    Oi loucos por gatos gostaria de compartilhar este seu texto no face, mais não achei onde compartilhar. Para que muitas pessoas vejam no face que adotar não e brincadeira, muitas pessoas adotam por momento ou Pq se sensibilizou com a história isso não e legal. Amo o meus gatos tinha 2 e fui dar lar temporário para uma família de gatinhas acabei apaixonada pela mame desde que eu a vi, os filhotes já foram doados, e eu fiquei com a mãe e ela tem o costume de arranhar o meu sofá, tenho arranhador de gatos,mais ela só vai no sofá eu coloquei uma capa para proteger mais não disfarço dela, mesmo tendo apenas 2 meses com ela, os outros 2 seedorf e a cissa não arranha o sofá.

  6. Ju Iwa’s avatar

    Nossa nem se meus 2 gatos destruíssem minha casa eu mandaria eles embora. Eles são a alegria da minha vida, me fazem companhia quando estou sozinha. Fiquei triste ao saber que tem gente que pensa nessa possibilidade.
    Descobri seu blog hoje e estou adorando.
    Bjos

  7. Tiago Joaquim’s avatar

    Estava andando livremente pelo seu blog, achando o máximo todos os posts, aí vi esse título e fiquei chocadíssimo, mas então li o resto do post e percebi do que se tratava. Acabei de adotar uma gatinha, estava tão fã seu que no momento que li o título do post eu pensei “Gente, será que fiz errado em adotar?” mas aí depois de ler tudo eu tive a certeza de que era isso que eu queria mesmo, e que vale o alerta a todos aqueles que adotam gatinhos por impulso, por modinha, ou sem pensar em quão importante é o sentimento de amor pelo felino que está adotando.

  8. Claudia’s avatar

    Olá. Adotei uma gatinha que jogaram na rua com alguns dias de nascida. Faz 2 meses, e eu nunca tive gato na vida! Sou neurótica por limpeza e arrumação. Acho que estou tão apaixonada por ela que estou até mais tranquila e calma… É muitoooo Amor… Claro, temos que educar, adaptar a casa, cada um fazer sua parte na limpeza, mas… Vale cada segundo! 🙂

  9. Otaviano’s avatar

    tem estar disposto a corrigir alguns habitos né? gente, li esse artigo sobre gatos e muita coisa bate com alguns comportamentos do meu bichano… que coisa incrível! apesar do titulo do artigo, a leitura só me deixou mais fascinado por esses bichos!!

    http://www.nodeoito.com.br/#!5-descobertas-que-provam-que-gatos-so-d/ct93

  10. Mel Brasil’s avatar

    Não é só com gatos.. qualquer bichinho que agente adota, tem que estar preparado para eventuais móveis arranhados, chinelos comidos e cestos de lixo revirados rs… faz parte 🙂

  11. denise m’s avatar

    Tenho dois em casa, um menino e uma menina. Ele é um anjo, mas pede muita atenção. Eles poderiam estar vivendo a vidaloka na rua, mas eu insisti em pega-los, ok? menina parece o Taz! Ela quebra, destrói, puxa meu cabelo, rasga os livros, rouba, puxa o fio das toalhas… E EU AMO ESSA COISINHA! tenho q passar aspirador de pó e pano em casa todos os dias, escova-los, brincar… todos os cuidados q a gente tem q ter com essas vidinhas preciosas.

  12. Eduardo Freitas’s avatar

    Parabéns pelo post. Falou o que muito bicheiro pensa mas acaba não falando! Outro ponto importante é castrarmos nossos bichinhos pois apesar de filhotes serem lindos, nem todo mundo tem competência para cuidar e se não cuidar… eles aparecem quando se menos espera!

  13. Susan’s avatar

    O que mais as pessoas que se apaixonam temporariamente por gatos só porque são filhotes e bonitinhos é que dentro daquela bolinha de pelo existe uma vida, e uma vida que será garantida por esta pessoa que depois sente vontade de abandoná-lo porque apenas faz coisas por instinto. Na boa, pra mim, se faz com um bichinho indefezo, já tem meio caminho andado para largar os pais velhos em um asilo apenas por comodismo (excetua-se aqui os por necessidade). Não merecem meu respeito.
    Sou contra comprar gatos porque existem inúmeros nas ruas e nos abrigos para animais implorando para serem adotados. Quem nunca fez, não sabe o que é receber carinho por gratidão apenas por este ato.