dicas

You are currently browsing the archive for the dicas category.

Gente! Venho por meio desta dizer-lhes que fico muito #xatiada quando recebo e-mails do tipo “O que eu faço com meu gato que arranha os móveis? Se continuar assim, vou ter que doá-lo!!!”. Isso porque, analisemos. 1. Tudo bem em querer saber dicas de como fazer o gato parar de arranhar móveis, afinal, ninguém é obrigado a achar lindo o gato arranhar e fazer xixi e blablalbal pela casa toda. somos desapegados, porém, nem tanto. Agora 2. Isso é motivo pra doar o gato?

E, assim, tem gente que me faz esse tipo de pergunta quando o gato tem uns 3, 4 anos já! Gente, vocês se apegam ao móvel da sala e não ao gato que mora com você e te considera uma mãe/pai há 4 anos? Uma dica: tem muita coisa errada com a sua pessoa. Aconselho: psiquiatra.

Tá, peguei pesado. Mas, sério, gente, faz isso não. Ou não adota, não compra, não pega da rua. Fica sem gato, sem cachorro, sem filho. Compra um bichinho de pelúcia, um tamagotchi. Aquele Pou, sabe? Do celular? Mais fácil. Não dá tanto trabalho. Nem amor.

Mas é verdade, povo. Enquanto todo mundo diz ADOTE! eu venho aqui dizer PERAÍ, PENSA BEM. Porque gato é ser vivo – e bem vivo!!! – e faz um monte de arte. E pra ensinar tem que ter paciência e amor. E tem que reservar tempo pra ele e limpar a caixinha e dar comidinha e fazer carinho e ouvir miados injuriados e também ronrons de amor e dar remédio e levar no veterinário e às vezes até dar banho! Sério. Não é tão simples assim. E devolver? Devolver? Doar porque não quer mais? Cansou? Você devolveria seu filho?

Sério. Não entendo. Pra vocês, só tenho algo a dizer: doe seu bichano pra quem o vai amar de verdade. E NUNCA MAIS NA VIDA TENHA BICHINHO NENHUM.

Grata.

2014-05-10 15.01.59

A gente é fofo, mas tá vivo!

GATOS SORTUDOS

Na festa de fim de ano da Dialetto, empresa na qual eu trabalho, eu ganhei um cartão presente da Saraiva e resolvi me presentear com livros felinos. Comprei o “Gatos Sortudos”, da Juliana Bussab e da Susan Yamamoto; “Um gato de rua chamado Bob”, do James Bowen; e “Cleo, a história de uma gata sapeca que ajudou a curar uma família”, de Helen Brown.

livros

Bom, depois eu falo dos outros livros, agora vou me restringir ao “Gatos Sortudos”. Eu já queria comprar o livro há algum tempo, porque sigo a ONG Adote um Gatinho, criada pelas autoras do livro, e AMO as histórias que elas postam no Facebook. Aliás, o trabalho da ONG, que fica em São Paulo, é sensacional, resgatando gatinhos e os doando a donos responsáveis.

O livro conta a história de 12 desses gatinhos resgatados, a maioria deles com algum tipo de deficiência devido a maus tratos. Além disso, a gente conhece também a história da ONG, que se confunde com a dos gatinhos.

Quem, como eu, já ama adora idolatra é apaixonado por gatos, não consegue não se emocionar com as histórias. Apesar de serem sofridas, com algum maltrato e descaso, o final feliz supera e a gente chora de dor e de emoção no fim das contas.

Não vou contar as histórias, acho que cada um precisa ler e se identificar da sua forma, mas digo que passei a admirar ainda mais a Juliana e a Susan e até a ter um pouco de vergonha de não fazer nada por esses gatinhos que tanto sofrem nas ruas.

Mas também sei que meu coração não é forte o suficiente, deixo esse trabalho aos mais corajosos. Eu repasso, admiro e encorajo. E, claro, cuido com o maior amor do mundo dos meus dois bebês.

Tags: , , ,

Gente, resolvi traduzir um texto super legal que li no site Care2, indicado na página do Facebook Eu Amo Gatos. Achei que cês iam gostar muito. Daí, além de traduzir, também associei todos os sinais aos meus gatões, claro, pra me exibir e dizer que meus meles me amam, eheheh. Aí, saiu isso aí embaixo.

Você já se perguntou se seu gatinho realmente te ama?

De mimados a mal humorados, nossos amigos felinos não são fáceis de deduzir. Diferente dos cachorros, que mostram claramente sua afeição por nós, gatos têm maneiras menos óbvias de comunicar o que sentem.

Se você quer descobrir o quanto seu gato gosta de você, observe esses 10 sinais de amor verdadeiro:

1. Cabeçadinhas. Se uma pessoa te dá uma cabeçada, algo bom não deve ser, mas com um gato a história é bem diferente. Receber uma “cabeçadinha” de um gato é um privilégio muito especial. Durante essa troca, seu gato deposita feromônios que representam sentimentos de confiança e segurança que eles têm para com você.
(PINGO E PAM FAZEM ISSO SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE. ELES INCLUSIVE PASSAM O DENTINHO CANINO NA NOSSA MÃO. COSAMAISFOFA)

2. Ronrons poderosos. Gatos ronronam por muitas razões, mas há um ronrom mais encorpado que eles guardam exclusivamente para seus amores verdadeiros. Ronronar também diminui o batimento cardíaco do seu gato e o ajuda a relaxar e mostrar sentimentos de contentamento.
(PAM É RONRONENTO. SE A GENTE DÁ CHEIRINHO, É RONROM QUE NÃO ACABA.  QUANDO TÁ DORMINDO COM A GENTE, É RONROM RONROM RONROM. PINGO NÃO É  MUITO DE RONRONAR, A NÃO SER QUANDO ELE TÁ MAMANDO NO EDREDON EM CIMA DA GENTE OU ÀS VEZES DE MANHÃ CEDO QUANDO ELE TÁ COM SAUDADES
DA GENTE – PORQUE A GENTE TAVA DORMINDO)

Prrrrrrrrrrrrrrrrrr

Prrrrrrrrrrrrrrrrrr

3. Mordidinhas de amor. Se o seu gato é um mordiscador crônico, é porque ele sente algo por você. É muito fácil distinguir uma mordidinha de amor e uma mordida felina real. Uma dói e a outra dá cócegas. Essas mordidinhas não são um sinal comum de amor, mas quando um gato as adota, eles estão querendo dizer “você é demais”.
(PINGO É UM MORDISCADOR CRÔNICO. PAM NÃO SABE BRINCAR DE MORDER. MORDE PRA AZUCRINAR MESMO)

4. Espasmos na cauda. Dá pra saber muita coisa observando o rabo de um gato. Assim como a cauda fica eriçada quando eles estão assustados ou agitados, ela vai se movimentar bem na ponta quando eles estiverem felizes. Se você notar isso quando o seu gato chegar perto de você, pode ter certeza que você é o bambambam.
(OS DOIS TÊM DESSES ESPASMOS, MAS O PAM TEM UNS ESPASMOS MUITO DOIDOS QUANDO TÁ PEDINDO ALGUMA COMIDA BOA – CARNE, PRINCIPALMENTE. O RABO DELE SE TREME TODO, É A COISA MAIS DOIDA).

5. Barriguinha pra cima. Quando seu gato se joga no chão e começa a se rolar pra lá e pra cá, ele está querendo atenção. Os gatos só mostram suas barriguinhas voluntariamente a quem eles confiam. Sentir-se seguro significa muito para um gato, e quando eles se esparramam na sua frente, quer dizer que eles estão se sentindo amados e protegidos.
(BOM, OS DOIS CURTEM UMA PANÇA PRA CIMA, MAS O PINGO É O CAMPEÃO DA PANÇA – PRINCIPALMENTE SE FOR NO SOL. E ELE ATÉ DEIXA A GENTE APERTAR)

pouca pança?

pouca pança?

6. Lamber seus cabelos ou orelhas. Não é comum os humanos serem dignos dessas seções especiais de higiene, mas se seu gato escolheu lamber seus cabelos ou orelhas, fique certo que você está incluído no seu círculo. Esse é um dos sinais mais óbvios de amizade e confiança que você pode ter com seu amigo peludo.
(BUÁ, NENHUM DOS MEUS MELES FAZ ISSO)

7. Amassar/afofar. Gatinhos afofam suas mamães pra estimular a produção de leite, e essa é a razão pela qual os experts acreditam que esse comportamento nos gatos adultos seja uma nostalgia da infância, relembrando momentos felizes que eles tiveram quando pequenos. Então, da próxima vez que seu gatinho mover suas patas pra cima e pra baixo em você, lembre-se de que eles não estão só querendo te deixar confortável pra uma soneca, mas estão expressando sua adoração por você.
(AMBOS SÃO AFOFADORES, MAS O PINGO GANHA DISPARADO, AFOFANDO A MIM E AO MEU MARIDO POR HOOOOORAS TODAS AS NOITES)

8. Piscar lento de olhos. Dizem que os gatos beijam com os olhos, então não espere compartilhar esse sinal de afeição com qualquer gato. Os gatos guardam o contato com os olhos apenas pra quem conhecem e confiam. Se esse contato é acompanhado de um piscar de olhos bem devagarinho, você acaba de ganhar um beijinho de gato. Retorne o amor fazendo o mesmo.
(OS DOIS DÃO PISCADELAS PRA GENTE. COSTUMO DEVOLVER COM UM BEIJINHO NO AR OU UMA PISCADELA TAMBÉM. GERALMENTE GANHO MAIS PISCADELAS EM RETORNO E ASSIM SUCESSIVAMENTE)

momento piscadelinha

momento piscadelinha

9. Hora da soneca. Os gatos escolhem locais quentinhos e seguros pra dormir, então se o seu peludinho decide dormir ao seu lado, ou, ainda melhor, no seu colo, você deve se sentir especialmente honrado. Os gatos são bastante vulneráveis quando estão dormindo e não há maior cumplicidade do que quando eles te escolhem como seu local de soninho.
(OS DOIS DORMEM GRUDADINHOS NA GENTE. O PINGO, INCLUSIVE, NO COLO, EM CIMA DAS SUAS COSTAS, DO SEU PEITO…)

tô confortável?

tô confortável?

10. Presentes. Não há como negar que uma coisinha morta não esteja no topo das suas preferências, mas um gatinho que te presenteia com algo assim merece ser reverenciado. Apesar da domesticação, gatos ainda têm instinto de caça e dividir seus prêmios com você é um sinal de amizade verdadeira.
(BOM, MORO EM APARTAMENTO E OS INSETOS QUE EXISTEM AQUI SÃO MINÚSCULOS. ELES COSTUMAM COMER ANTES DE DIVIDIR, EHEH)

Se você é um afortunado de dividir a vida com um gato, vai entender que eles estão conscientemente conectados conosco. Fazendo a higiene, ronronando ou afofando, os gatos são amáveis e afetuosos e formam laços muito especiais com seus humanos preferidos.

Tags: , , , , ,

Ontem chegou aqui em casa essa caixinha linda da Purina, com quatro potinhos da ração superpremium Fancy Feast. São 4 sabores: frango ao molho, frango e cenoura ao molho, salmão ao molho e truta e espinafre ao molho. As latinhas são tão fofas que dá vontade de colocar na prateleira da cozinha pra enfeitar (tá, menos).

Caixinha fofinha

Caixinha fofinha

 

 

caixinha bonitinha aberta

caixinha bonitinha aberta

E eis que fui fazer a prova real e, claro, alimentar os meus bebês com a ração. Resultado: assim que abri a latinha, dois gatos endoideceram e correram de onde estavam pra comer a tal comidinha (o Pam é o doido da comida, sempre faz isso, mas dessa vez ficou ainda mais doidão. Já o Pingo é super tranquilo com isso, mas dessa vez também veio correndo).

Ou seja: aprovado!!

Porém, pra de vez em quando, já que o precinho é meio salgado: R$ 3,50 a latinha de 85g.

Olha só o vídeo da propaganda da Fancy Feast:

Update: Ó quem gostou da caixa do presente!

:)

🙂

Tags: , , ,

Oi, gente. Vou fazer uma propagandinha básica aqui, não paga. Esses dias eu recebi um kit com o vermífugo Profender, da Bayer. É uma bisnaguinha que você passa no cangote do seu baby pra desvermifugá-lo. Ou seja, não precisa passar pelo stress doido de enfiar um comprimido goela abaixo – muito embora eu seja expert nessa arte.

Aí que eu passei no Pam e achei que ele fosse super estranhar um liquidozinho gelado no cangote. E não é que ele nem sentiu? Passei e ele foi viver a vida dele, tranquilão. O produto seca rapidinho e é como se nada tivesse acontecido – porém, está agindo lá dentro dele ;).

Daí alguns dias depois passei no Pingo e rolou a mesma coisa. Acho que eu passei meio que no pelo um pouco do negócio (diz pra passar na pele, afastando os pelos, mas como o pelo dele é curtinho, ficou mais difícil) e daí quando secou ficaram umas casquinhas brancas. Mas foi só tirar com um paninho molhado e deu, saiu e foi tudo certo. Ele também não estranhou e foi viver a vida normalmente.

Daí foi isso. Pra quem tem pavor em dar remédio pra gatos – que a gente sabe que é beeeeeem difícil -, essa é uma solução bem legal. Só é ruim quando há mais de um gato em casa e um lambe ou outro. Até o remedinho ser totalmente absorvido, tem que separar um do outro.

Curti.

 

Estamos aqui lindos e desvermifugados

Estamos aqui lindos e desvermifugados

 

Tags: , , , ,

MAIS SIMON’S CAT

Saiu agora, fresquinho, videozinho do Simon’s Cat. E olha, é IGUALZINHO o meu Pam. A gente não consegue terminar de colocar a comida no pote que ele já tá com o cabeção lá comendo. Maluquinho!!!

Tags: , , ,

HELP ME PLEASE

Gente, ao contrário do que muitos pensam, eu não sou uma expert em gatos. Tenho meus dois filhos e vou vivendo e aprendendo, assim como vocês. E agora estou passando por um problema. Tenho aqui em casa mais dois gatos, filhotes de uma amiga minha, que está atualmente sem casa pra morar.

O problema – na verdade são dois, o Muffin e a Cupcake, e são liiiiiiiiiindos – é que os meus dois não estão gostando nada disso. Tenho que deixá-los separados, com ração e pedras num lugar pros dois convivas e em outro pros meus dois filhotes.

E o pior (ou melhor, não sei) é que os dois visitantes estão super à vontade, transitam por tudo sem problemas e inclusive querem fazer amizade com os meus outros dois. Mas eles não querem nem saber, fazem FU o tempo todo, ficam se escondendo e não querem aproximação de jeito nenhum.

Às vezes deixo os quatro livres pra se conhecer, mas não dá certo. Principalmente o meu Pingo fica doido, acha um lugar pra ficar e não sai de lá o dia todinho. Não come, não vai no banheirinho… Fico morrendo de dó.

E os dois ficam aqui até fevereiro. Não sei se deixo assim, separados, até lá, ou se libero tudo até o Pingo aceitar… (O Pam é mais velho, não se importa muito, só não gosta que cheguem muito perto, mas convive).

Cupcake, a gata visitante

Cupcake, a gata visitante

 

Muffin, o gato visitante

Muffin, o gato visitante

 

Na entrevista que dei para o Yahoo, a repórter me perguntou se eu podia citar 10 lições de vida que aprendi com os gatos. Como ela não utilizou na matéria, eu transcrevo minha resposta aqui pra vocês, já que, né, tive que botar a cachola pra funcionar e tals ;). Na verdade, não são beeeeeeeem lições de vida, são mais pequenos ensinamentos que eu levo bastante a sério, ehehehe.

1. Higiene é muito muito importante
2. Tome muita água, se possível, corrente
3. Durma muito, até o seu corpo pedir
4. Dê carinho, mas só se estiver a fim, sem falsidades
5. Pegue um solzinho sempre que possível. Não esqueça de tomar sol na barriga
6. Durma grudadinho com quem você ama
7. Tenha seus momentos de liberar energia todos os dias, faça bastante maluquices
8. Alongue-se muito, várias vezes ao dia, estique todos os seus ossinhos e músculos
9. Peça o que você quiser, com bastante afinco. Você pode tudo
10. Beleza é, sim, fundamental

A foto é só pra exibir mais uma vez meus dois gostosões

A foto é só pra exibir mais uma vez meus dois gostosões

Mais um videozinho do Simon’s Cat pra gente se divertir!!!

Loucos por gatos devem provar o quanto são loucos por gatos. Ou não. Mas se quiser, dá pra fazer um quiz bem legal que eu catei no R7. Claaaaro que eu fiz a pontuação máxima (ahahahaha – risada de louca por gatos). É só clicar aqui e fazer lá. Nas respostas, tinha um errinho (duas perguntas iguais) e eu enviei um e-mail lá. Vamos ver se eles arrumam.

Pro post não ficar sem imagem, alá o Pingo em cima de mim ontem, enquanto eu fazia umas comprinhas online…

tá comprando ração, mami?

 

 

 

« Older entries