Sobre telar apartamentos, casas e afins

Pessoas, tudo bem? Eu tô bem, eu e meus meles, claro, todo mundo bem. Falei pra vocês que reiniciei o blog, mudei o layout e coisa e tal, né? Então, tudo isso pra falar de coisa boa (Tekpix) obviamente. E, embora seja bem óbvio, eu não poderia deixar de tocar num assunto recorrente: a questão de telar apartamentos (e casas e lojas que tenham gatos e tudo mais). Sei que muita gente já sabe, já faz e não abre mão, mas tem muita gente que ainda não tem essa consciência.

Na verdade, eu pensei nessa pauta porque entrei numa comunidade do Facebook chamada “Adoro Gatos”. E, puuuutz, que arrependimento (já saí, inclusive). As pessoas ainda têm aquele pensamento que gato tem que viver livre, na rua, etc. Principalmente as pessoas que moram em casas acham extremamente normal que os gatos saiam e voltem dias depois, todos estropiados. E eu digo que elas estão tendo sorte que eles voltem. Porque um dia eles não irão mais.

E pior ainda: gatos ainda caem loucamente de apartamentos. Por quê??? Se essas pessoas estão em uma comunidade no Facebook, elas têm internet e, portanto, acesso à informação. Das duas uma: ou elas estão cagando e andando pros seus gatos ou…. elas estão cagando e andando pros seus gatos. E eu faço meu mea culpa: ganhei o Pam com 18 anos e não tinha a menor ideia de nada. Na época não tinha internet e eu fui criando ele do jeito que eu pude, morando com amigas em outra cidade pra fazer faculdade. E não telando nem castrando nem tomando precaução nenhuma! E o Pam acabou caindo do sétimo andar. A parte boa é que ele sobreviveu. A parte ruim é que ele quebrou a bacia, ficou uns dois meses sem andar e foi se recuperando aos poucos. Ficou meio manquinho pro resto da vida.

Então, gente, hoje com informações pela internet toda, com histórias de gatos que caem, que morrem, que se quebram todo, please, por favor, bóra telar esses apês aí!!! Não sei de valores, lembro que era algo em torno de 100 reais por janela na última vez que eu tive que consertar uma das telas aqui em casa. Isso aqui em Floripa, onde tudo é meio caro. Mas é um investimento pro seu filhotinho…

Sobre telar casas

Aí a gente cai na questão das casas, que eu realmente não tenho conhecimento prático porque nunca morei em casa com gatos. Entendo que deve ser muito difícil manter os gatos em casa, até porque tem um jardim, um pátio, uma garagem e outros locais pra desbravar. Mas…  tem também vizinhos que podem envenenar, carros que podem atropelar, cachorros que podem atacar, outros gatos que podem atacar e uma infinidade de perigos!

Eu tenho amigos e conhecidos que mantêm gatos em casa e nenhum tem tela, todos deixam os gatos soltos enquanto estão em casa e prendem quando saem. Sendo os gatos castrados, eles ficam no entorno da casa, não se interessam muito em dar grandes voltas.  Em alguns casos funciona, em outros não. Mas os perigos ainda estarão rondando.

O conselho que as protetoras dão é realmente telar também casas e não deixar o gato sair. Como sei que isso é bastante difícil (algumas protetoras podem querer me matar por dizer isso, mas enfim, sejamos realistas), talvez seja uma questão de bom senso de cada tutor. Idealmente, please telem casas também. Se não conseguirem, fique sempre de olho nos bebês, castrem e tranquem em casa quando saírem. Aliás, se o gato, mesmo castrado, ainda for daqueles de dar voltinhas, eu, Cristine, não deixaria sair de casa…

Bom, é isso, meu povo, alguém ainda tem dúvidas sobre telar apartamentos? E casas? O que vocês acham?